MOSTRAS ESPECIAIS

A chegada da pandemia de COVID-19 em 2020 coloca a vida atravessada por transformações intensas. Existem adaptações, um aumento das vulnerabilidades, inseguranças, precarizações, perdas, lutos, preocupações, medos e necessidade maior de cuidado. Existe o isolamento. As tarefas se acumulam dentro das casas. A vida se torna mais atribulada e há pouco tempo para refletir sobre o que se vive. A internet torna-se uma janela de contato: janela sem vento, sol ou chuva. Há um abismo, entre as imagens da tela, as imagens das janelas de fato, as imagens aqui dentro desse espaço de isolamento e as imagens do mundo que não podemos alcançar. 

Nesse horizonte incerto, no qual a produção audiovisual se descontinuou, as escolas encaram, primeiro o calendário acadêmico interrompido, depois o ensino remoto emergencial. Professoras e professores do IFB - Campus Recanto das Emas, contudo, optam pela desconfiança do que é colocado como impedimento. Resolve-se realizar um festival de cinema on line por meio de entrelaçamentos de processos pedagógicos na retomada de aulas.

Foi assim que diversas disciplinas passaram a trabalhar juntas e o festival tornou-se projeto integrador do 1o semestre letivo de 2020 no IFB - Campus Recanto das Emas. Tal como um projeto experimental, com a finalidade de "ensaiar outro modo de aprender", toma-se o cinema, "como arte sem respostas corretas, nem objetivos predeterminados". Desde o Ensino Médio Integrado ao Técnico em Produção em Áudio e Vídeo, até o Técnico Subsequente em Produção em Áudio e Vídeo, o Ensino Médio Integrado ao Técnico em Produção em Áudio e Vídeo na Modalidade ProEJA, e mesmo o Curso FIC EaD Operador de Câmera - Novos Caminhos, todos os cursos do campus vivenciaram propostas didáticas baseadas em uma aprendizagem coletiva e criativa, mesmo no ensino remoto emergencial.

O resultado são as Mostras Especiais: programas exclusivamente formados por filmes dos estudantes do IFB - Campus Recanto das Emas realizados em disciplinas cursadas no 1o semestre de 2020. Nessas obras, acompanha-se uma série de novas experiências que afetam diretamente o fazer educacional e audiovisual, sobretudo, nas condições adversas colocadas pelo isolamento social. 

 A Mostra Cotidianos na Pandemia reúne microdocs realizados pelos estudantes dos Cursos Técnicos Subsequente e ProEJA, apresentando um mosaico de reflexões sobre as mudanças de rotina durante esse período. A Mostra Video Clipes contempla alunos dos mesmos cursos e nos faz lembrar que a música e o audiovisual são capazes de atravessar os momentos mais difíceis. A Mostra FIC EaD Novos Caminhos dilui a pretensa oposição entre sensibilidade e técnica no ato de operar uma câmera - habilidade a ser desenvolvida no curso - e apresenta a delicadeza do olhar dos alunos do curso a distância. Por fim, a Mostra Cartas sobre Nós abarca as potentes mensagens do estudantes do Ensino Médio, que com seus filmes-carta, projetam as visões de mundo de uma nova geração a olhar pra si mesma e seu entorno mais íntimo. O convite é para que todes compartilhem conosco essa intensa vivência.

 

 

Camilla Shinoda, Juliane Peixoto e Marcela Borela, realizadoras de audiovisual e professoras do IFB - Campus Recanto das Emas. 

REALIZAÇÃO:

PARCERIA:

© 2020 por Festival Recanto do Cinema